quinta-feira, janeiro 15, 2009

Manda

A felicidade de agora
Riso amado e descontado
Triste manda embora
A alegria de outrora.

Paixão que não entende
Ao léu se fica amargurado
Descontente manda embora
Todo o amor de outrora.

Alma que não compreende
Motivos tristes e desalmados
Chorando manda embora
O carinho de outrora.

Desconsolada desiste
Das almas a entender
Se erguendo manda embora
A raiva de outrora.

Todo o imenso azul do céu
Jamais cansa de existir
Sorrindo manda embora
A infelicidade que há por vir.

por Silvia Nascimento -" fizeram pra mim"

6 comentários:

Edson Basilio disse...

Pus um selo pra vc lá no meu blog

Edson Basilio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
rouxinol de Bernardim disse...

Poesia assim dá gosto! é como uma cachoeira fresca e perfumada caindo sobre nossas cabeças!

Boa Páscoa!

rouxinol de Bernardim disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mauri A. Oliveira disse...

OI! Tem um selo pra vc no meu blog (não sei se vc gosta de trocar selos, mas caso goste ta la) Bjoss!

Maria Luisa Adães disse...

Fizeram para si?

Muito bonito, cheio de verdade cantante.

A encontrei em rouxinol Bernardim.

Maria Luísa

p.s.escrevo poesia!