quinta-feira, março 02, 2006

Roubando a palavra de um amigo, o mais INTENSO de todos...

Refugio.

E assim, mais uma vez descubro que sou forte, extremamente forte, invencível, imbatível.
Basta um par de dias para me tornar indestrutível.

Sou eu, essa sou eu.
Segredos! Quantos segredos!
Dores, inúmeras dores, ah!

Muitas lágrimas já caíram através de meus olhos, (águas) um mar de desabafo, de angustias, dores que não consegui guardar em mim.
Mas estas lágrimas despencam todos os dias, a todo momento, mas pra dentro.

Desespero-me!
Mas vou contar algo...
... Tenho um lugar
Mágico, sagrado e escondido!

Um cantinho dentro de mim, um quartinho, com uma porta grande, emperrada, de madeira, com uma fechadura e uma chave que escondo em meu travesseiro.
Neste canto estão guardadas todas as minhas dores, as minhas lágrimas, preocupações, frustrações, desilusões, desencantos, mas está tudo lá, trancado, guardado. Lá parados, inertes, sem solução, mas sem incômodos.
Preciso acreditar que isso é possível, que realmente consigo deixar tudo de lado.

Eu sempre saio ilesa
Com pouquíssimos arranhões
Mas que se abrem com o tempo
Tornam-se feridas incuráveis
Que doem, que corroem meu ser
As vezes cegam meus olhos
Como um câncer cega a alma

Mas estou lá, forte, sempre.

Recolho, retraio, entro em mim mesma, visito o meu quarto escuro, amargo, insano. Mexo em todas as feridas que lá guardei, vejo cada lembrança, cada lagrima, sinto a dor de cada momento e assim consigo forças pra continuar...Assim me ergo, levanto a cabeça, abro os meus olhos e sigo em frente.


Amanda Oliveira
(14/03/05 02h43min)

2 comentários:

Roy disse...

BRIGADO, DINHA!!!!
Q fofa! haha

Beijao!

RF

O mais INTENSO de todos, rsss.

Dinha disse...

Vc é a pessoa mais intensa que ja conheci, e esse meu texto é o mais intenso que ja escrevi, nao poderia deixar de prestar essa homenagem...